Bom, gostaria de contar meu testemunho que recebi da parte do Senhor um livramento.


Certo dia, meu pai iria viajar para o Rio de Janeiro a trabalho e ue queria muito ir com ele e com a permissão dele eu fui. Chegando lá correu tudo bem. Voltando, meu pai deu carona para um dos rapazes que trabalhavam com ele.


No meio do caminho o motor do carro em que nós estávamos fundiu  e tivemos que empurrar, empurrar, empurrar, até que o meu pai me colocou no volante para conduzir o carro enquanto os dois empurravam, foi quando meu pai me disse:


- Você sabe né? O pedal do freio é o do meio!


Mas não adiantou o carro não havia funcionado. Já era noite quando conseguimos falar com uma pessoa que passava no local e ela foi até a cidade de São Tiago que era a mais próxima do local onde estávamos e pediu ajuda ao guincho.


Chegando em São Tiago, fomos colocar o carro no guincho e como estava bastante cansada e com muito sono, deitei no banco de trás (passageiros) e o rapaz que meu pai deu carona ficou no banco da frente enquanto o carro era guinchado.


Foi ai que aconteceu... o carro estava quase em cima completamente do caminhão guincho quando aconteceu um acidente: as correntes quebraram e o carro desceu desgovernado rua abaixo e iria bater no meio-fio e com certeza capotar e explodir pela velocidade que alcançou.


Mas ai está a diferença entre uma pessoa que serve a Deus e a que não serve. Deus veio instantaneamente com o livramento: o rapaz (da carona) não sabia nada sobre funcionamento de carro, muito menos como se pegava no volante, mas o Senhor o fez lembrar do que meu pai disse a mim quando fiquei na direção, "o pedal do freio é o do meio!" e pisou no freio e o carro parou.


Talvez isso pode ser pequeno demais para você, leitor(a), mas são nas pequenas coisas que o meu Deus age!


Deus te abençoe!


Eloise Neres Batista

Igreja Batista Nacional Palavra Viva

Santo Antônio do Monte - MG